O presidente Jair Bolsonaro, que se envolveu recentemente em confusão após chamar os nordestinos de “paraibas” – termo pejorativo utilizado no Rio de Janeiro -e está com uma viagem marcada para inaugurar um aeroporto em Vitória da Conquista (BA) na terça-feira, disse que não há constrangimento em visitar o estado.

Questionado por jornalistas se o vazamento de sua conversa com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, poderia prejudicar sua presença na região, ele disse, hoje (22), que “o nordeste é Brasil, é minha terra. Eu ando em qualquer lugar do território brasileiro”.

Anúncios