O movimento conservador Avança Brasil pede nas redes sociais, nesta quinta-feira (25), que o grupo de supostos hackers presos por invadir o smartphone de autoridades, sejam enquadrados na lei de segurança nacional. Apesar dos indivíduos serem tratados como suspeitos pela Polícia Federal, – o caso ainda está sendo investigado – grupos e pessoas pró-Lava Jato os tratam como acusados. Como consequência, o assunto está entre os tópicos mais comentados do Twitter.

A lei de segurança nacional opera sobre crimes contra a ordem pública e política, transferindo para uma legislação diferenciada os considerados crimes contra a segurança do Estado, retirando dos acusados as garantias processuais. Os críticos veem a medida como um instrumento limitador do estado democrático de direito.

Lei de segurança nacional – reprodução Wikipedia
Anúncios