O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, publicou em sua conta do Twitter, neste sábado (27), uma propaganda em vídeo de uma montadora de veículos. Questionado pela Folha sobre o conteúdo ser uma peça publicitaria que defende o agronegócio, ele respondeu que não vê problema pois sua conta é privada.

Embora use a conta para publicar e anunciar assuntos de governo, o ministro não vê problemas em difundir conteúdo de empresa privada em conta verificada com descrição “Ministro do Meio Ambiente”. As demais montadoras e empresas privadas poderão solicitar o princípio da impessoalidade e vincular peças publicitárias em perfis dedicados à assuntos governamentais.

A conta do ministro não é privada como ele informa, é pública. Seus tuites não são “protegidos”, mas abertos ao público. Enquanto isso, o desmatamento na Amazônia segue aumentando.

Anúncios