O jornalista do site Intercept, Glenn Greenwald, desmentiu nessa terça-feira (6) uma matéria de Ancelmo Gois, jornalista de O Globo, na qual afirmava que Greenwald pediu Habeas Corpus ao Supremo Tribunal Federal (STF). Após a repercussão negativa, o título da matéria foi alterado, mas o jornalista não indiciou que houve correção da informação inicialmente veiculada.

“Não fiz o pedido da habeas corpus. Alguém fez no meu nome sem minha autorização ou conhecimento. Meus advogados já estão avisado o STF que não queremos ou precisamos. Acredito na constituição Brasileira e na liberdade de imprensa”, informa Greenwald.

Em publicação feita no Twitter, o jornalista do Intercept criticou o profissionalismo Gois, “se você realmente se considera um ‘jornalista’ e está ansioso para afirmar que jornalistas estão agindo como criminosos publicando material roubado por uma fonte, pelo menos deve ter a coragem de mencionar que os maiores jornais a revistas do Brasil estão fazendo exatamente isso”.

Anúncios