A deputada estadual, Janaina Paschoal (PSL-SP), nesta segunda-feira (12), criticou o Partido dos Trabalhadores por ameaçar processar “Deus e todo mundo, por divulgar e comentar o áudio do diálogo ‘cabuloso’ com a facção?”, questiona.

“Lógico, penso eu, seria retirar o sigilo da investigação em que o diálogo foi interceptado. Pela gravidade da situação, o povo tem direito a saber o que tem lá. O PT deveria ser o primeiro a solicitar a retirada do sigilo”, escreve Paschoal.

A crítica da deputada ocorre pois o PT apoia a divulgação das mensagens e áudios vazados pelo site Intercept, que envolvem diálogos nos quais o ex-juiz Sérgio Moro orienta procuradores da Lava Jato e favorece a acusação, ao mesmo tempo que criminaliza os áudios obtidos e divulgados pela Polícia Federal, que revelam um suposto envolvimento do PT com a facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).

O PT diz que sofre uma “armação” da Polícia Federal.

Anúncios