O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), afirmou durante coletiva de imprensa em Pelotas, no Rio Grande do Sul, nessa segunda-feira (12), que irá aplicar uma “voadora no pescoço” de quem praticar corrupção em seu governo.

Questionado por jornalista da Rádio Camaquense sobre o que o governo está fazendo para conseguir concluir obras da rodovia BR-116, não concluída por governos anteriores, Bolsonaro respondeu que “não deportar dinheiro em paraíso fiscal”.

Anúncios