A expulsão do deputado federal, Alexandre Frota, do PSL possibilitou ao PT assumir a liderança na Câmara dos Deputados, anteriormente ambos os partidos estavam empatados em representantes, informa o UOL notícias, nesta quarta-feira (14).

O PSL tem ainda dois deputados ocupando cargos de ministro e não exercem função no Parlamento. Frota foi expulso da sigla após pedido do presidente Jair Bolsonaro, por desalinhamento partidário.

Anúncios