À la Bolsonaro, Maduro celebra ‘remédio milagroso’ e é suspenso do Facebook

 À la Bolsonaro, Maduro celebra ‘remédio milagroso’ e é suspenso do Facebook

Пресс-служба Президента Российской Федерации

O Facebook suspendeu a página do ditador Nicolás Maduro por violar as regras da rede social contra a divulgação de informações falsas sobre a Covid. A informação é do O Antagonista.

Em vídeo divulgado em janeiro, Maduro promoveu o medicamento Carvativir no tratamento de pacientes com a doença e disse que “as gotas milagrosas” da droga “neutralizam os sintomas do coronavírus”, informa o site.

Em entrevista à Reuters, o porta-voz do Facebook afirmou que a empresa segue a “orientação da Organização Mundial da Saúde que diz que atualmente não há medicamento para curar o vírus”.

Tiago Lopes

Sou Jornalista, formado no início de 2020. Mantenho o Ler Agora desde dezembro de 2018. Escrevo sobre política. Siga no Twitter: @tiagolopes_jorn

Outras Notícias

Criado por: Inove Criações