Agressor de motoboy já ofendeu pedreiros e seguranças em condomínio

Digiqole ad

O homem de 31 anos que aparece em vídeo agredindo verbalmente um motoboy em um condomínio de luxo em Valinhos, no interior de São Paulo, é citado por vizinhos como agressor de outros trabalhadores — entre eles pedreiros que atuavam em obras do residencial e seguranças de um centro comercial próximo ao local. Há dois anos, o pai do agressor registrou em um processo judicial que o filho sofre de esquizofrenia. A informação é do jornal O Globo.

O vídeo que viralizou foi publicado pela mãe do motoboy. Na publicação, ela afirma que ficou indignada com a situação e queria deixar o agressor “famoso”. “Xingou e humilhou um trabalhador, se achando melhor que ele porque mora em um condomínio de luxo”.

“Você nem tem onde morar. Você tem inveja disso daqui. Eu pedi para ele [Matheus Pires] sair fora daqui, e não saiu fora. Moleque, moleque, você tem inveja disso daqui, você tem inveja dessas famílias aqui”, disse o homem ao trabalhador.

Em dado momento, ele aponta para o braço de pele branca e diz: “você tem inveja disso”.

Ao Globo, um dos vizinhos que pediu anonimato, afirmou que as brigas são constantes. “A perda de controle emocional e de seus atos é frequente, o que nos leva a questionar até mesmo seu estado de saúde”.

Tiago Lopes

Sou Jornalista, formado no início de 2020. Mantenho o Ler Agora desde dezembro de 2018. Escrevo sobre política. Siga no Twitter: @tiagolopes_jorn

Outras Notícias

Criado por: Inove Criações