Amoedo defende vacinação obrigatória contra covid e é atacado por bolsonaristas

 Amoedo defende vacinação obrigatória contra covid e é atacado por bolsonaristas
Digiqole ad

João Amoedo, fundador do partido Novo, passou a ser alvo de ataques feitos por bolsonaristas após defender a vacinação obrigatória contra a Covid-19, neste domingo (18). Para ele, quem se recusar a tomar a vacina deve se isolar da sociedade. “A vida em sociedade pressupõe liberdade com responsabilidade”, escreveu.

Amoedo sugeriu restringir a circulação e o direito de ir e vir de quem é contra a vacina enquanto os demais são vacinados. “Quem decide não tomar vacinas, que evitam doenças contagiosas, não deveria poder frequentar espaços públicos, ruas, hospitais e escolas. E sim, permanecer isolado até que todos os demais sejam vacinados”.

A mensagem foi criticada por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro e por políticos bolsonaristas. A fala de Amoedo ocorre dias após Bolsonaro declarar que a vacinação não será obrigatória.

Tiago Lopes

Sou Jornalista, formado no início de 2020. Mantenho o Ler Agora desde dezembro de 2018. Escrevo sobre política. Siga no Twitter: @tiagolopes_jorn

Outras Notícias

Criado por: Inove Criações