Atila é atacado após previsão de 1 milhão de mortos de Covid-19

 Atila é atacado após previsão de 1 milhão de mortos de Covid-19
Digiqole ad

O cientista Atila Iamarino, que ganhou maior projeção nacional após abordar o tema da pandemia, passou a sofrer ataques na rede por ter “errado”, segundo os críticos, a previsão de até um milhão de mortos pela covid-19 no pior dos cenários.

A análise do cientista foi realizada com base em um estudo do Imperial College, de Londres, na Inglaterra. No entanto, Atila fez a previsão na perspectiva de que a vida seguisse de forma normal, sem uso de máscaras, álcool em gel, distanciamento, quarentena ou isolamento social.

Ainda que os números de mortes atuais sigam abaixo do previsto no pior cenário pelo cientista, a falta de políticas públicas efetivas por partes tanto dos governos federal, estaduais e municipais impede um controle da pandemia no país. Ao se analisar os dados do Ministério da Saúde com as informações divulgadas pelos demais países, nota-se que o Brasil é o segundo país mais afetado pela doença, no mundo.

Em vários estados, a Polícia Federal, o Ministério Público e a Polícia Civil investigam desvios bilionários de verbas que deveriam ser destinadas ao combate à pandemia.

Após as acusações, Atila usou sua conta no Twitter para explicar o estudo e o desenvolvimento da doença:

Tiago Lopes

Sou Jornalista, formado no início de 2020. Mantenho o Ler Agora desde dezembro de 2018. Escrevo sobre política. Siga no Twitter: @tiagolopes_jorn

Outras Notícias

Criado por: Inove Criações