Bolsonaro queria mudar bula da cloroquina para ser receitada contra covid, diz Mandetta

 Bolsonaro queria mudar bula da cloroquina para ser receitada contra covid, diz Mandetta

Via AratuOn – O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, já depõe, nesta terça-feira (4/5), na CPI da Covid no Senado Federal. O relator da comissão, Renan Calheiros (MDB-AL), foi o primeiro a fazer perguntas.

Entre as respostas dadas até o momento, o ex-ministro chegou a dizer que viu uma minuta de documento da Presidência da República para que a cloroquina tivesse na bula a indicação para Covid-19 e que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) parecia ouvir “outras fontes” que não o Ministério da Saúde.

Segundo Mandetta, o próprio diretor-geral da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) discordou dessa medida. De acordo com ex-chefe do Ministério da Saúde, o ministro “Jorge Ramos” minimizou a questão, dizendo que era apenas uma sugestão. Na época, o Planalto não tinha um ministro com esse nome, mas um chamado Jorge Oliveira, na Secretaria-Geral, e outro Luiz Eduardo Ramos, na Secretaria de Governo. “Mas é uma sugestão de alguém. Alguém se deu ao trabalho de colocar aquilo em formato de decreto”, disse.

Tiago Lopes

Sou Jornalista, formado no início de 2020. Mantenho o Ler Agora desde dezembro de 2018. Escrevo sobre política. Siga no Twitter: @tiagolopes_jorn

Outras Notícias

Criado por: Inove Criações