Chefes das Forças Armadas renunciam: ‘Não participaremos de aventura golpista’

 Chefes das Forças Armadas renunciam: ‘Não participaremos de aventura golpista’

O Ministério da Defesa informou nesta terça, dia 30, que os comandantes do Exército, Marinha e Aeronáutica vão deixar os seus cargos. Eles estavam reunidos desde o início da manhã para deliberar sobre a demissão conjunta. A informação é do Pragmatismo Político.

A decisão foi tomada em uma reunião realizada nesta terça em Brasília, com Braga Netto, novo Ministro da Defesa, e do ex-ministro Fernando Azevedo, que deixou o cargo nesta segunda, dia 29, informa a publicação.

Ainda de acordo com a reportagem, ao deixarem seus cargos, todos reafirmaram na reunião com Braga Netto que os “militares não participarão de nenhuma aventura golpista”. É a primeira vez na história que os três comandantes das Forças Armadas pedem demissão conjunta por discordar de um presidente da República.

Leia a matéria completa aqui.

Tiago Lopes

Sou Jornalista, formado no início de 2020. Mantenho o Ler Agora desde dezembro de 2018. Escrevo sobre política. Siga no Twitter: @tiagolopes_jorn

Outras Notícias

Criado por: Inove Criações