‘Cidadão não, engenheiro’ diz não se arrepender de ter dado carteirada em fiscal

 ‘Cidadão não, engenheiro’ diz não se arrepender de ter dado carteirada em fiscal
Digiqole ad

Nívea del Mastro, mulher que aparece em um vídeo com o marido durante uma fiscalização da Saúde, no Rio de Janeiro, afirmou não ter se arrependido de ter tentado dar uma “carteirada” no fiscal da Vigilância Sanitária. Na abordagem, ela diz que o marido, por ser engenheiro, é melhor que o funcionário da prefeitura.

“Não é arrependimento. Hoje posso reconhecer minha alteração de voz e meu tom foi mal interpretado. Se a gente se arrepende de alguma coisa é de ter saído de casa”, disse ao G1.

A frase, que teve repercussão negativa nas redes sociais, Nívea não gostou de ouvir o marido ser chamado de cidadão e retrucou o fiscal: “cidadão não, engenheiro civil, formado, melhor do que você”.

Tiago Lopes

Sou Jornalista, formado no início de 2020. Mantenho o Ler Agora desde dezembro de 2018. Escrevo sobre política. Siga no Twitter: @tiagolopes_jorn

Outras Notícias

Criado por: Inove Criações