Democrata dos EUA quer usar incompetência de Bolsonaro na pandemia como desculpa para intervir no Brasil

 Democrata dos EUA quer usar incompetência de Bolsonaro na pandemia como desculpa para intervir no Brasil

A interpretação de que o presidente da República, Jair Bolsonaro, é genocida por causa da forma como lida com a pandemia, defendida pelas siglas de oposição, ultrapassou as fronteiras brasileiras e chegou a ao menos uma integrante do Partido Democrata dos Estados Unidos. Baseada na Flórida, Pam Keith está defendendo até mesmo intervenção norte-americana no Brasil. A informação é do Poder360.

Pam Keith disse isso em sua conta no Twitter no sábado (27.mar.2021). “Bolsonaro é um bruto corrupto, genocida, incompetente”, escreveu. Na véspera, havia tuitado que a situação da pandemia no Brasil é um problema sério e que os Estados Unidos deveriam liderar uma intervenção internacional.

É válido ressaltar que a política estadunidense não tem interesse humanitário ao propor uma “intervenção” no Brasil – nome pomposo para invasão. Pelo contrário, o interesse é controlar os recursos naturais do país. Se o interesse fosse humanitário, ela deveria propor o envio de vacinas e pessoal especializado no trato da pandemia.

Tiago Lopes

Sou Jornalista, formado no início de 2020. Mantenho o Ler Agora desde dezembro de 2018. Escrevo sobre política. Siga no Twitter: @tiagolopes_jorn

Outras Notícias

Criado por: Inove Criações