Deputados pedem que ataques contra Felipe Neto sejam apurados

 Deputados pedem que ataques contra Felipe Neto sejam apurados

A liderança do PSOL na Câmara dos Deputados encaminhou um ofício ao senador Angelo Coronel (PSD-BA), presidente da CPMI das Fake News, solicitando que a comissão apure os ataques virtuais promovidos contra o youtuber Felipe Neto. A informação é da Folha de São Paulo.

O empresário tem sido alvo de ataques em massa, que o acusam de ser um incentivador da pedofilia. O objetivo é destruir a imagem de Felipe Neto, que concedeu uma entrevista ao New York Times, na qual critica o governo Bolsonaro.

Segundo a colunista Monica Bergamo, para os parlamentares do PSOL, a ação difamatória pode ter vínculos com o chamado “gabinete do ódio”, estrutura do Palácio do Planalto que seria usada para disseminar mensagens de difamação.

“O modus operandi utilizada pelo ‘gabinete do ódio’ levanta séria suspeita de que o caso tenha sido mais uma peça produzida e disseminada sob os comandos da organização desta criminosa conhecida”, diz o texto.

Tiago Lopes

Sou Jornalista, formado no início de 2020. Mantenho o Ler Agora desde dezembro de 2018. Escrevo sobre política. Siga no Twitter: @tiagolopes_jorn

Outras Notícias

Criado por: Inove Criações