Facebook e Twitter censuram artigo crítico a Biden

 Facebook e Twitter censuram artigo crítico a Biden
Digiqole ad

O Facebook e Twitter decidiram, literalmente, censurar um artigo crítico ao candidato a presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. A distribuição do conteúdo está limitada em ambas as plataformas. A regulação das empresas de redes sociais é o caminho para impedir novas ações antidemocráticas.

O jornal obteve um computador descartado por Hunter Biden, filho do candidato, que contém dados que expõe supostas negociações corruptas de Biden nas eleições de novembro, e de Hunter na Ucrânia. Biden nega qualquer tipo de envolvimento.

Trump foi às redes para criticar a decisão e revelou que um de seus assessores teve a cinta bloqueada pelo Facebook após compartilhar o conteúdo. “Eles fecharam sua conta só porque ela estava noticiando a verdade!”.

“Nossa comunicação em relação às ações que tomamos com o artigo do @nypost não foi boa. E bloquear o compartilhamento de endereços URL via tuíte ou mensagem privada sem qualquer contexto: inaceitável”, tuitou o CEO do Twitter, sem dizer como a empresa vai reagir sobre o ataque contra a liberdade de imprensa.

Tiago Lopes

Sou Jornalista, formado no início de 2020. Mantenho o Ler Agora desde dezembro de 2018. Escrevo sobre política. Siga no Twitter: @tiagolopes_jorn

Outras Notícias

Criado por: Inove Criações