Foragida, Márcia Queiroz recebe prisão domiciliar para cuidar do marido

 Foragida, Márcia Queiroz recebe prisão domiciliar para cuidar do marido
Digiqole ad

O presidente do STJ argumenta que ela precisa cuidar do marido

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio Noronha, concedeu um habeas corpus solicitado pela defesa de Fabrício e Márcia Queiroz, foragida da Justiça, no qual permite a prisão domiciliar dos dois indivíduos, que serão monitorados por tornozeleira eletrônica.

De acordo com o Globo, ao apresentar o pedido de habeas corpus, o advogado Emílio Catta Pretta argumentou que o cliente é portador de câncer de cólon e corria riscos de saúde devido à pandemia da Covid-19. A condição do ex-assessor foi levada em consideração pelo ministro que, em sua decisão, concedeu a prisão domiciliar a Márcia Aguiar presumindo que sua presença ao lado de Queiroz é necessária para que ele receba as atenções devidas por conta da doença, já que estará privado do contato com terceiros — salvo profissionais da saúde e seus advogados.

O casal é investigado no caso das rachadinhas, no gabinete do então deputado Flávio Bolsonaro.

Tiago Lopes

Sou Jornalista, formado no início de 2020. Mantenho o Ler Agora desde dezembro de 2018. Escrevo sobre política. Siga no Twitter: @tiagolopes_jorn

Outras Notícias

Criado por: Inove Criações