Gilmar autoriza investigação contra Flávio Bolsonaro

 Gilmar autoriza investigação contra Flávio Bolsonaro
Digiqole ad

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou a continuidade das investigações contra Flávio Bolsonaro, neste sábado (30). O Senador é investigado por supostamente participar de um esquema de “rachadinhas” (quando funcionários devolvem parte dos salários para o chefe).

A liminar derrubada foi expedida em setembro pelo próprio Gilmar, após a defesa de Flávio solicitar que o Ministério Público paralisasse as investigações contra o senador.

Anteriormente, em julho, o ministro Dias Toffoli havia determinado a paralisação de investigações com dados do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) sem autorização judicial. Mas, por decisão da Corte, nesta quinta-feira, as investigações voltaram a fluir.

Gilmar determinou a publicação dos “atos processuais” na íntegra, mantendo o “sigilo dos autos” por conta dos dados bancários presentes no documento.

“Considerando que a decisão paradigma [do ministro Dias Toffoli] que estaria sendo descumprida pelo ato reclamado não mais subsiste, não há que se falar em violação à autoridade desta corte, apta a ensejar o cabimento da presente reclamação”.

Tiago Lopes

Sou Jornalista, formado no início de 2020. Mantenho o Ler Agora desde dezembro de 2018. Escrevo sobre política. Siga no Twitter: @tiagolopes_jorn

Outras Notícias

Criado por: Inove Criações