Justiça nega pedido de Olavo para não indenizar Caetano Veloso

 Justiça nega pedido de Olavo para não indenizar Caetano Veloso
Digiqole ad

A Justiça do Rio negou o pedido o guru do bolsonarismo Olavo de Carvalho para suspender a decisão que o obriga a pagar R$ 2,9 milhões a Caetano Veloso. A informação é da revista Veja.

De acordo com a publicação, o valor se refere à multa aplicada a Olavo por ele não ter cumprido a ordem de apagar postagens feitas nas suas redes sociais, em 2017, em que acusa o cantor de pedofilia, e pelas quais acabou condenado por danos morais.

“Indefiro o pedido de efeito suspensivo postulado, por não vislumbrar, a priori, a presença dos requisitos legais que autorizam a sua concessão”, escreveu o magistrado na decisão.

Ainda em segundo a revista, este é segundo recurso apresentado pelo escritor. No primeiro, a defesa do astrólogo tenta impugnar o valor da multa aplicada. Os dois agravos serão julgados pelo colegiado da 12ª Câmara Cível em data a ser definida.

[…]

Tiago Lopes

Sou Jornalista, formado no início de 2020. Mantenho o Ler Agora desde dezembro de 2018. Escrevo sobre política. Siga no Twitter: @tiagolopes_jorn

Outras Notícias

Criado por: Inove Criações