Malvino Salvador se mostra arrependido por voto ‘pragmático’ em Bolsonaro

 Malvino Salvador se mostra arrependido por voto ‘pragmático’ em Bolsonaro
Digiqole ad

O ator Malvino Salvador se mostrou arrependido por ter votado no presidente Jair Bolsonaro e criticou o governo durante entrevista à Folha, publicada na noite deste sábado (21). Para ele, há uma “tentativa de vilipendiar a cultura” no país. “É preciso se pensar na cultura como se pensa no agronegócio e em outras áreas importantes, é preciso injetar dinheiro”, declarou.

“É difícil as pessoas reconhecerem o quanto ela é importante para o país. A cultura é que faz a união e a identidade de um povo”. O ator também criticou os embates contra a manutenção da Lei Rouanet: “a gente sabe que existem distorções, sim, é preciso corrigir, mas tem uma infinidade de gente que vive da cultura através de incentivos fiscais”.

Ainda durante a entrevista, o ator criticou a gestão ambiental do governo Bolsonaro. “A gente sabe que é difícil, que o país é muito grande, a floresta é muito grande. Mas, ao mesmo tempo, quando você chega diante de uma TV e não se mostra comprometido com essas questões, é muito ruim”.

Ao ser questionado pela reportagem da Folha sobre Bolsonaro, ele não esconde seu descontentamento:

“Não sou daquela coisa de me abster, votar em branco ou nulo. Acho que a gente precisa votar. O meu voto naquele momento foi um voto pragmático, foi uma escolha que eu fiz diante do que eu via, da minha insatisfação com quem poderia entrar no poder [PT]”, afirma. “Mas isso não quer dizer que eu apoie a outra pessoa [Bolsonaro]”.

“O extremismo e o populismo são, na minha opinião, muito ruins em todos os aspectos, seja de direita ou de esquerda. É preciso haver mais diálogo entre os líderes, diálogos mais saudáveis”, disse.

Tiago Lopes

Sou Jornalista, formado no início de 2020. Mantenho o Ler Agora desde dezembro de 2018. Escrevo sobre política. Siga no Twitter: @tiagolopes_jorn

Outras Notícias

Criado por: Inove Criações