Militar que traficou 39 kg de cocaína segue na FAB e recebe R$ 8,1 mil

 Militar que traficou 39 kg de cocaína segue na FAB e recebe R$ 8,1 mil
Digiqole ad

Via Revista Fórum

O sargento Manoel Silva Rodrigues, da Força Aérea Brasileira (FAB), que foi detido com 39 quilos de cocaína na comitiva de Jair Bolsonaro durante escala na Espanha, segue na ativa da instituição e recebe salário em dia.

O sargento Manoel Silva Rodrigues, da Força Aérea Brasileira (FAB), que foi detido com 39 quilos de cocaína na comitiva de Jair Bolsonaro durante escala na Espanha, segue na ativa da instituição e recebe salário em dia.

O militar está preso em Sevilha desde junho de 2019. Ele foi condenado a seis anos de prisão e pagamento de multa no valor de 2 milhões de euros, aproximadamente R$ 9,5 milhões.

Rodrigues, no entanto, continua recebendo R$ 8,1 mensais da FAB, incluindo verbas indenizatórias. Em novembro, o valor bruto chegou a R$ 14,5 mil, devido à gratificação natalina.

De acordo com reportagem de Guilherme Mazieiro, no UOL, não houve pedido de bloqueio dos salários. Segundo a FAB, o militar foi notificado da abertura do processo de exclusão, mas seria necessário trânsito em julgado do processo judicial.

Tiago Lopes

Sou Jornalista, formado no início de 2020. Mantenho o Ler Agora desde dezembro de 2018. Escrevo sobre política. Siga no Twitter: @tiagolopes_jorn

Outras Notícias

Criado por: Inove Criações