Ministro da Justiça admite existência de relatório sobre antifascistas

 Ministro da Justiça admite existência de relatório sobre antifascistas
Digiqole ad

O ministro da Justiça, André Mendonça, admitiu a existência de um relatório de monitoramento sobre 579 servidores que se denominam antifascistas. De acordo com interlocutores, Mendonça contradisse esclarecimentos que ele mesmo enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF), informa a Folha.

“O relatório existe. O que não existe é um dossiê. Dossiê é uma expressão inadequada para a atividade de inteligência. Dossiê é algo feito às escuras para fins indevidos, que não estão no sistema. Que não está relatado oficialmente. Dossiê não é algo que você distribui”, disse, durante comissão Mista de Controle de Atividades de Inteligência, nesta sexta-feira (7).

“Se houvesse qualquer tentativa de levantar dados para fins ilícitos ou indevidos não fazia uma divulgação dessa manta”. “O relatório está registrado, tem numero e está dentro do sistema”, completou.

Tiago Lopes

Sou Jornalista, formado no início de 2020. Mantenho o Ler Agora desde dezembro de 2018. Escrevo sobre política. Siga no Twitter: @tiagolopes_jorn

Outras Notícias

Criado por: Inove Criações