Molon cobra impeachment: ‘Nota do general Heleno é ameaça de golpe’

 Molon cobra impeachment: ‘Nota do general Heleno é ameaça de golpe’

A nota divulgada pelo ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, é vista como uma ameaça de golpe pelo deputado Alessandro Molon. “Está aí a prova por escrito do que o governo Bolsonaro prepara. Chega de nota de repúdio! O que mais falta para o impeachment?”, questiona.

Na nota em questão, Heleno se posiciona contra o pedido de Celso de Mello, ministro do Supremo Tribunal Federal, para a apreensão do celular do presidente Jair Bolsonaro, e ameaça com “consequências imprevisíveis para a estabilidade nacional”.

Confira a nota na íntegra

Presidência da República


Gabinete de Segurança Institucional


Nota à Nação Brasileira
Brasília, DF, 22 de maio de 2020.


O pedido de apreensão do celular do Presidente da República é
inconcebível e, até certo ponto, inacreditável.


Caso se efetivasse, seria uma afronta à autoridade máxima do
Poder Executivo e uma interferência inadmissível de outro Poder, na privacidade do Presidente da República e na segurança institucional do País.


O Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da
República alerta as autoridades constituídas que tal atitude é uma
evidente tentativa de comprometer a harmonia entre os poderes e poderá ter consequências imprevisíveis para a estabilidade nacional.

Augusto Heleno Ribeiro Pereira
Ministro de Estado Chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República.

Tiago Lopes

Sou Jornalista, formado no início de 2020. Mantenho o Ler Agora desde dezembro de 2018. Escrevo sobre política. Me siga no Twitter: @tiagolopes_jorn

Outras Notícias

Criado por: Inove Criações