MPRJ chama Flávio Bolsonaro de ‘líder de organização criminosa’ 63 vezes

 MPRJ chama Flávio Bolsonaro de ‘líder de organização criminosa’ 63 vezes

O Ministério Público do Rio se referiu 63 vezes ao senador Flávio Bolsonaro, em denúncia de quase 290 páginas apresentada à Justiça, como “líder de organização criminosa” no caso das rachadinhas, que ocorreram em seu gabinete na Assembleia Legislativa do RJ.

Os promotores dizem ainda que os doze ex-assessores denunciados eram funcionários fantasmas, segundo informações da revista Veja.

Tiago Lopes

Sou Jornalista, formado no início de 2020. Mantenho o Ler Agora desde dezembro de 2018. Escrevo sobre política. Siga no Twitter: @tiagolopes_jorn

Outras Notícias

Criado por: Inove Criações