“Mundo não acredita mais no Brasil”, diz líder ambientalista no Congresso

 “Mundo não acredita mais no Brasil”, diz líder ambientalista no Congresso

Agência Câmara

Congresso em Foco – O discurso do presidente Jair Bolsonaro, na Cúpula do Clima, foi mais moderado do que pronunciamentos anteriores, mas destoa completamente da realidade imposta pelo atual governo. A avaliação é do coordenador da frente parlamentar ambientalista no Congresso, deputado Rodrigo Agostinho (PSB-SP). “O discurso moderado já era esperado porque o presidente está no corner, pressionado pela opinião pública, pela União Europeia, pelo presidente Joe Biden. Não adianta de nada. O Brasil não tem o que mostrar. O mundo não acredita mais no Brasil”, disse ao Congresso em Foco.

Em sua fala, Bolsonaro reafirmou a meta de eliminar o desmatamento ilegal até 2030 e anunciou a intenção de antecipar, de 2060 para 2050, a chamada neutralidade climática, com a eliminação de gases poluentes. “O mundo quer é compromisso real. Biden nem ouviu o discurso do Bolsonaro. Levantou-se antes. A opinião pública americana não quer acordo com o Brasil”, afirmou o deputado.

Tiago Lopes

Sou Jornalista, formado no início de 2020. Mantenho o Ler Agora desde dezembro de 2018. Escrevo sobre política. Siga no Twitter: @tiagolopes_jorn

Outras Notícias

Criado por: Inove Criações