Oposição cobra ação do governo sobre apagão no Amapá

 Oposição cobra ação do governo sobre apagão no Amapá

Edilson Rodrigues/Agência Senado

Digiqole ad

Políticos e personalidades da oposição passaram a cobrar ações do governo federal para resolver o apagão que atinge quase todas as cidades do Amapá há quatro dias. A população do estado tem enfrentado dificuldades desde a última terça-feira (3) devido a um transformador que foi invalidado pelo fogo. O governo criou um gabinete de crise e a prioridade do Ministério de Minas é Energia, que tem como ministro Bento Albuquerque, é reestabelecer a energia no estado.

No entanto, os políticos foram às redes sociais para cobrar mais ação do governo Bolsonaro.

O ex-governador do Ceará, Ciro Gomes, publicou duas mensagens para cobrar ações do governo. “Além da pandemia, estão sofrendo com falta de água, combustível e uma série de privações. Vamos seguir divulgando e pressionando o governo a tomar providências”.

Já o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, adotou um tom mais agressivo: “Bolsonaro, esquece o Flávio e o Trump. Já eram. Faça alguma coisa pelo Amapá. Trabalhe um dia. Um dia. UM dia”.

O líder da oposição no Senado, Randolfe Rodrigues, afirmou que irá protocolar uma Ação Popular com pedido de cautelar na Justiça Federal do Amapá para garantir o abastecimento de água, medicamentos e alimentos.

Marcelo Freixo também cobrou, nas redes, ação do governo.

Tiago Lopes

Sou Jornalista, formado no início de 2020. Mantenho o Ler Agora desde dezembro de 2018. Escrevo sobre política. Siga no Twitter: @tiagolopes_jorn

Outras Notícias

Criado por: Inove Criações