Portal da Transparência sai do ar após polêmica com compras de R$ 1,8 bilhão do governo

 Portal da Transparência sai do ar após polêmica com compras de R$ 1,8 bilhão do governo

O Portal da Transparência saiu misteriosamente do ar, na noite desta terça-feira (26), após a divulgação de gasto bilionário de órgãos governo federal com alimentos, com valor superior a R$ 1,8 bilhão. O governo ainda não se posicionou oficial e publicamente sobre o assunto.

Dentre os itens que chamaram a atenção estão as pizzas e refrigerantes no valor de R$ 32 milhões, o leite condensado por R$ 15 milhões, entre outros inúmeros itens, como vinhos e sorvetes e picolés.

Dentre os “valores absurdos” está a suposta cobrança de R$ 162 por cada lata de leite condensado de peso de aproximadamente 300g, indicando possível superfaturamento na compra dos produtos. No entanto, com o portal fora do ar, não é possível realizar uma apuração mais detalhada.

*Está matéria poderá ser atualizada

Tiago Lopes

Sou Jornalista, formado no início de 2020. Mantenho o Ler Agora desde dezembro de 2018. Escrevo sobre política. Siga no Twitter: @tiagolopes_jorn

Outras Notícias

Criado por: Inove Criações