Santos Cruz sobre Gabinete do Ódio: “bandidinhos vagabundos”

 Santos Cruz sobre Gabinete do Ódio: “bandidinhos vagabundos”

O general Santos Cruz, ex-ministro da Secretaria de Governo, teceu críticas fortes ao presidente Jair Bolsonaro pela forma como trata a pandemia e, em entrevista à Valor, falou sobre o chamado “Gabinete do Ódio”. Segundo ele, Bolsonaro “desperdiça a oportunidade” dada pelo eleitorado conservador, que está cansado de “escândalos e violência”.

“Ideologizaram o vírus, botaram uma coloração vermelha que seria da China, ideologizaram até mesmo um medicamento”, diz.

Em relação ao gabinete do ódio, grupo investigado por lançar ataques contra adversários políticos do governo, Cruz os classificou como “bandidinhos vagabundos”. “Medíocres, escória. Acham que podem manipular a opinião pública, enchem a paciência da população. Não vai colar, a população não tem essa motivação ideológica e vai responder nas urnas”.

Foi por isso ste grupo, inclusive, qu se deu a articulação do ataque que o derrubou do governo, com o apoio dos filhos do presidente da República.

Tiago Lopes

Sou Jornalista, formado no início de 2020. Mantenho o Ler Agora desde dezembro de 2018. Escrevo sobre política. Me siga no Twitter: @tiagolopes_jorn

Outras Notícias

Criado por: Inove Criações