Ler Agora Sair do modo leitor

“Veio da Havan” agora diz que “não sou bolsonarista”

O empresário bolsonarista Luciano Hang, dono das lojas Havan, afirmou em entrevista à Veja, publicada nesta sexta-feira (31), que “não sou bolsonarista”, mas, sim, um ativista que tem pavor da esquerda. Hang é investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), no âmbito do inquérito das fake news.

“Eu não falo com o presidente há uns quinze dias. Estive em Brasília há três meses, na posse do ministro da Justiça. Fui com outros empresários. Não sou bolsonarista como dizem”.

Questionado pelo repórter sobre a negativa, Hang complementou: “naquilo que o governo fizer certo, vou defendê-lo. Naquilo que fizer errado, vou criticá-lo. Muitos empresários não se envolvem na política com medo de receber represália em qualquer órgão, seja municipal, estadual ou federal. Eu me envolvi para mudar isso e ajudar a reduzir a burocracia para não ficarmos à mercê de um burocrata. Sou um ativista, um patriota, querendo um país livre e com economia mais liberal”.