Youtubers bolsonaristas faturam até R$ 150 mil por mês com desinformação

 Youtubers bolsonaristas faturam até R$ 150 mil por mês com desinformação
Digiqole ad

Canais voltados à divulgação de pautas bolsonaristas da extrema-direita, como ataques contra o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Congresso Nacional, recebem entre R$ 100 mil e R$ 150 mil mensais do YouTube, de acordo com estimativa da consultoria Quest.

Na estratégia para espalhar, além de ataques contra adversários, pautas de interesse do governo, os maiores canais apoiam os pequenos a fim de criar uma rede pró-Bolsonaro. A informação foi compartilhada ao Globo por seis canais que romperam com o governo.

O mecanismo começa pela distribuição quase diária de orientações sobre assuntos que devem ser explorados. Essa diretriz chega por meio de grupos de WhatsApp ou pode ser observada no Twitter.

Leia a reportagem completa aqui.

Tiago Lopes

Sou Jornalista, formado no início de 2020. Mantenho o Ler Agora desde dezembro de 2018. Escrevo sobre política. Siga no Twitter: @tiagolopes_jorn

Outras Notícias

Criado por: Inove Criações